terça-feira, 22 de julho de 2014

Projeto Renascer, de São Borja, é um dos concorrentes do prêmio Innovare deste ano

Nesta segunda-feira, dia 21, o projeto Renascer, realizado no Presídio Estadual de São Borja em parceria com o hospital Ivan Goulart, recebeu a visita de um dos avaliadores do Prêmio Innovare, Fábio Meurer Schneider. O projeto Renascer é um dos selecionados para concorrer ao prêmio que visa incentivar a modernização da Justiça brasileira.

O projeto Renascer existe a mais de dois anos na penitenciária com o objetivo de reduzir e auxiliar no tratamento da dependência química de apenados. Para a realização do trabalho, o projeto conta com o apoio de profissionais do hospital Ivan Goulart como assistentes sociais, psicólogos, médicos e enfermeiros, além de voluntários.

A indicação do projeto Renascer ao Prêmio Innovare foi feita pela juíza Valéria Eugênia Willhelm, da comarca de São Borja, pois o prêmio visa disseminar práticas inovadoras realizadas por magistrados, membros do Ministério Público estadual e federal, defensores públicos e advogados públicos e privados de todo Brasil.

Projetos realizados em todo o país podem se candidatar ao Prêmio Innovare. Somente em 2014 mais de 350 projetos concorrem ao prêmio, os trabalhos inscritos precisam passar pela Comissão Julgadora com base em critérios como qualidade e efetividade na solução de conflitos, otimização de recursos internos dos tribunais, entre outras.

O vencedor do Prêmio Innovare 2014 será conhecido no mês de dezembro.

Fonte e Foto: Tâmela Grafolin/HIG

Nenhum comentário:

Postar um comentário