sexta-feira, 25 de julho de 2014

Polícia Civil realiza operação Controle Legal em São Borja

Além das 60 viaturas, Polícia Civil contou com o apoio aéreo
para execução da Operação. Foto: Victor Rocha
A sexta-feira começou sob o som de sirenes policiais em São Borja. Mais de 60 viaturas e 200 policiais foram envolvidos na operação Controle Legal, que visava combater grupos de tráfico de drogas na cidade.

Ao total foram expedidos 18 mandados de prisão, com 17 presos (1 em São Luiz Gonzaga, 1 em Santo Antônio das Missões, 1 em Santiago e 14 em São Borja) e 37 de busca e apreensão, onde foram apreendidos veículos, motocicletas, drogas, dinheiro, armas, celulares, televisores, aparelhos de som e outros.

De acordo com o Delegado Gerri Adriani Mendes, existem 4 tentativas de homicídio e um homícidio realizado pelo grupo, com o intuito de controlar 100% do tráfico da cidade. Mendes ainda ressaltou que foi encontrada uma camiseta, com as iniciais PCI serigrafadas, que quer dizer Primeiro Comando do Interior, na casa do principal suspeito.  Depois das prisões, a Polícia terá aproximadamente sessenta dias para formalizar as denúncias que foram colhidas até o momento.

São muitas denúncias que envolvem o grupo. Dentre elas, ameaças de morte à juízes e policiais. A inteligência policial já trabalhava há 8 meses em cima da operação e durante o período de investigação foram realizadas diversas apreensões de drogas. O ponto alto da operação se deu nesta sexta-feira com o objetivo de prender o grupo, principalmente sua liderança e também os bens adquiridos através do tráfico.

Tráfico na região

Após dominar o tráfico de drogas em São Borja, o grupo já estava agindo em Santo Antonio das Missões, Santiago e São Luiz Gonzaga. A partir do cruzamento de informações, a Polícia Civil de São Borja pode encaminhar a solicitação de prisões temporárias destes indivíduos.

Confira no vídeo alguns esclarecimentos do Delegado Gerri Adriani, sobre a operação:

 

Nenhum comentário:

Postar um comentário