domingo, 29 de junho de 2014

Rio Uruguai segue subindo e tirando moradores de suas residências

O grande volume de chuvas na divisa do Rio Grande do Sul e Santa Catarina tem feito as cidades do oeste gaúcho sofrerem com a quantidade de água que desce pelo rio Uruguai. Em São Borja, o domingo foi de trabalho intenso por parte da Defesa Civil, Bombeiros, Exército, moradores das áreas ribeirinhas e pessoas da comunidade que prestaram sua solidariedade.

A última medição deste domingo apontou que o Rio Uruguai está com 14,69 metros acima do seu nível normal. De acordo com Elcio Carvalho, coordenador da Defesa Civil em São Borja, atualmente são 1200 pessoas fora de suas casas. 900 estão em casas de familiares e amigos e 300 em abrigos municipais.

E quem pode, faz sua parte para colaborar. Wanderson Schneider, acadêmico de Ciências Políticas na Unipampa, junto com um grupo de amigos, foi atrás de donativos para os desabrigados. Além das roupas e cobertores, o grupo de amigos está preparando um sopão para aquecer os necessitados.

O Corpo de Bombeiros está em alerta permanente. E a Defesa Civil alerta para que os curiosos não fiquem indo até próximo do rio, porque há redes de alta tensão ligadas e pode energizar a água.

Nenhum comentário:

Postar um comentário