quinta-feira, 21 de novembro de 2013

Segunda edição do Programa de Interiorização do Estado aconteceu nesta tarde em São Borja

São Borja recebeu na tarde desta quinta-feira o Programa de Interiorização do Governo do Estado do Rio Grande do Sul. Estiveram na cidade, além do governador Tarso Genro, alguns de seus secretários de governo, como os do Gabinete dos Prefeitos e Relações Federativas, Afonso Motta; da pasta de Planejamento, Gestão e Participação Popular, João Motta; do Conselho de Desenvolvimento Econômico e Social, Marcelo Danéris; da Secretaria de Turismo, Abgail Pereira e o Chefe da Casa Civil – RS, Carlos Pestana.

Durante a programação, Tarso visitou o Colégio Estadual Getúlio Vargas, que neste ano completou 100 anos de atividades na cidade, conheceu sua estrutura e debateu questões educacionais com os professores e servidores da escola.

Depois, o governador foi até o Clube Recreativo Samborjense (CRS), onde apresentou para mais de trezentas pessoas o projeto RS Mais Igual, que, de acordo com seu objetivo, visa reduzir os índices de vulnerabilidade econômica e social no Rio Grande do Sul incluindo a população em situação de pobreza extrema numa rede de políticas públicas, em parceria com projetos e ações do governo federal, das prefeituras e da sociedade civil. Para o comandante do Estado, o programa é para melhorar, sobretudo, a vida das crianças. Possibilitando uma alimentação melhor, vestuário e estudo.


Mais de 300 pessoas acompanharam a apresentação do
Programa RS Mais Igual. Foto: Divulgação/Governo do Estado
O terceiro ato da interiorização foi a inauguração da nova agência do Banrisul. Acompanhado do vice-presidente do banco, Tarso disse que graças ao pulso firme de Olívio Dutra, quando este governou o Estado, hoje o Banrisul tem a força que tem. Pois se naquela época o banco tivesse sido privatizado, hoje o estado seria ingovernável, tamanha a dívida que poderia contrair. Reafirmou a parceria do banco com os produtores rurais e proprietários de micro e pequenas empresas, para que estas se firmem no cenário comercial de suas cidades. Já Clândio Jacques, gerente o Banrisul na cidade, disse que a nova agência dota de um espaço físico maior, com mais caixas automáticos e acessibilidade, um fato inacessível no antigo local, tendo em vista que eram dois andares para atendimento, sem elevador. 

Encerrando o cronograma de atividades diárias, Tarso e seus secretários prestaram contas dos investimentos feitos pelo governo na região. De acordo com a Secretaria de Planejamento, os investimentos na área de saúde foram de R$ 81 milhões, na área da segurança de R$ 27 milhões, em transporte R$ 97 milhões e em saneamento básico, R$ 61 milhões. Tarso classifica esses investimentos como razoável-satisfatório e encerrou a audiência afirmando que o atual governo tem capacidade de organizar a máquina pública e ofertar políticas para todas as áreas e setores.

Na região:

Tarso também esteve, hoje, em Garruchos. Na cidade vizinha ele também inaugurou uma agência do Banrisul e discutiu sobre os acessos a cidade. Amanhã pela manhã, o governador visitará a cidade de Maçambará, onde discutirá com autoridades locais e população sobre as demandas da cidade.

2 comentários:

  1. Fábio Giacomelli, ainda estudante, fazendo um trabalho muito mais competente (cobertura exemplar) que o de dinossauros com anos e até décadas nos meios de comunicação. Parabéns!

    ResponderExcluir