domingo, 13 de outubro de 2013

Munhoz e Mariano fazem da Fenaoeste uma Balada Louca

Efeitos luminosos, telões, brincadeiras, dancinhas, papéis picados e tiras coloridas. Tudo isso fez parte do show de Munhoz e Mariano na noite deste sábado, na Fenaoeste 2013. "Fazem quatro anos que venho na feira e esse com certeza foi o melhor show que a organização já trouxe", declarou Jonas Ribeiro.

A dupla abriu as cortinas ao som de Pantera cor-de-rosa, novo single da dupla. Depois embalou sucessos com Alô final de semana chegou, Comendo Água, Balada Louca e o tão esperado Camaro Amarelo. Todas elas com muita dança e rebolado por parte dos músicos, o que já é tradicional da dupla.

Com um domínio de palco incrível, Munhoz e Mariano se aventuraram por diversos ritmos, fazendo o público presente cantar e sair do chão em diversas oportunidades. Tim Maia foi o primeiro a ser lembrado, depois Munhoz fez um carnaval com a plateia ao interpretar "Praieiro", da banda Jammil.

Em uma demonstração de interação com o público, a dupla sentou na beirada do palco, bem próximo aos espectadores e interagiu com quem se aproximava. Enquanto Mariano pegou uma criança no colo enquanto cantava, Munhoz tirou várias fotos com fãs que lhe alcançavam inúmeras câmeras fotográficas.

Quando Fernando Pulga, integrante da banda da dupla veio pro palco, a homenagem foi direcionada a banda Charlie Brown Jr. Ao som de "Papo Reto", fizeram os presentes cantar e sair do chão ao relembrarem Chorão e Champignon, que morreram neste ano.

Durante o show Mariano imitou o "rei" Roberto Carlos
Mariano ainda imitou Roberto Carlos ao cantar "Esse cara sou eu" e também fez a feira virar um grande Baile Funk, quando em parceria com Bruninho, também integrante da banda, cantou alguns dos mais tradicionais funks cariocas.

O encerramento não poderia ser diferente. A música escolhida, foi "Camaro Amarelo", que projetou a dupla no cenário nacional. Antes do show, em entrevista ao blog, Mariano disse que as músicas para o CD já estavam escolhidas, mas quando viu a letra de "Camaro Amarelo" viu nela a possibilidade de fazer grande sucesso, pois sabiam que a música seria do tipo chiclete. E assim o show foi encerrado. Com toda a Fenaoeste cantando o refrão "Agora eu fiquei doce, doce, doce..."

Ao final da apresentação, Tatiane Bispo, acadêmica de jornalismo, disse que gostou do show da dupla. "Eu gostei da mescla das músicas deles com outras músicas que agitam bastante. Eles trazem o público pra junto deles, e isso deixa o show muito animado". Já o radialista Marcelo Vieira disse ter ficado abismado com a apresentação: "Fiquei abismado com o que esses caras fizeram no palco. São de um carisma incrível e uma atenção com o seu público fora de série."

A Fenaoeste se encerra amanhã para o grande público. O domingo será reservado para os shows tradicionalistas de Luiz Carlos Borges e Mano Lima.

Confira aqui, algumas fotos do show de Munhoz e Mariano.

Um comentário: