sexta-feira, 13 de setembro de 2013

Acendimento da Chama Crioula marca o início da Semana Farroupilha em São Borja

A Semana Farroupilha 2013 começou. Os sete dias que marcam os festejos da semana gaúcha foram abertos oficialmente na tarde desta sexta-feira, 13 de setembro, na Plataforma Teotônio Vilela, na Praça XV de Novembro. Neste ano, os homenageados são: Nésio Alves Corrêa, o Gildinho do grupo Os Monarcas, em âmbito estadual e João Carlos Lul, ex-patrão do Tropeiros do Rincão da Cria, em âmbito municipal.

"Uma Terra que ensina a cada dia o que é ser gaúcho, tem na Semana Farroupilha os festejos e a mostra que a luta de dez anos frente ao império serviu para reafirmar as virtudes do povo do Rio Grande do Sul e como este constrói sua liberdade", declarou a Secretária Adjunta de Educação do Rio Grande do Sul, Maria Eulália Nascimento, que representou o governador no ato.

Ao som do Hino Nacional Brasileiro, executado pela Banda Marcial Municipal, as bandeiras foram hasteadas. A do Brasil, ficou a cargo do Major Edson Damião de Melo Ribas, a do Mercosul, do presidente da Câmara de Vereadores Roque Feltrin, a de São Borja foi hasteada pelo prefeito Farelo Almeida e a do Rio Grande do Sul, pela Secretária Adjunta de Educação, Maria Eulália Nascimento.

Em seu breve discurso, o prefeito de São Borja, Farelo Almeida, disse que o ato de acendimento da chama é um momento de reflexão que fortalece, a cada ano, a cultura gaúcha. Já para o PTG João Manoel, que ficou responsável por guardar a Chama desde sua chegada em São Borja, esse costume é algo pulsante, intenso que mostra o real significado do que é ser gaúcho.

Ao final da cerimônia, o coordenador da 3ª Região Tradicionalista, Marcelino Olisan, compartilhou a centelha da chama com cada entidade tradicionalista presente, para que cada uma delas pudessem levar para seu espaço, um pedaço do Rio Grande do Sul.

Confira aqui outras fotos do evento

Nenhum comentário:

Postar um comentário