quinta-feira, 27 de junho de 2013

Protesto Acorda São Borja leva mais de mil pessoas às ruas

De forma organizada e pacífica, os manifestantes que tomaram as ruas de São Borja nesta tarde,  pediram soluções para problemas de saúde, educação e transporte. Portando cartazes e gritando para os demais também virem à rua, os são-borjenses solicitaram, principalmente, uma solução urgente para o problema do transporte coletivo urbano.

Eles foram escoltados por um grupo de policiais militares e também por um helicóptero da Brigada Militar durante todo o trajeto, que partiu da rótula São Francisco de Borja, passou pela Prefeitura da cidade e teve seu ato final na Câmara de Vereadores, onde os manifestantes que quiseram, puderam pegar o microfone e clamar por melhorias que julgavam as mais necessárias.

Alunos das escolas públicas e privadas, acadêmicos da Universidade Federal do Pampa (UNIPAMPA), comerciários, presidentes de associações de bairros, professores estaduais. A maioria das classes esteve representada no manifesto que chamou a atenção de olhares curiosos de pessoas que saíam de suas casas e suas lojas, quase incrédulos com a força dos gritos que vinham da rua.

E foi dessa forma, armados com cartazes e gritando, que São Borja mostrou sua força. Mostrou que pode muito mais que ocupar um espaço na Tribuna Livre da Câmara. Um grupo que liderava e organizava os manifestantes teve cuidado para que não houvesse tumultos, vandalismo ou obstrução das vias públicas. Cerca de duas horas depois do início da passeata, os manifestantes decidiram encerrar a caminhada cantando o hino do Rio Grande do Sul e assumindo o compromisso de entregar um novo documento com solicitações de melhorias à Câmara de Vereadores de São Borja.

Clique Aqui e confira as fotos do protesto

Nenhum comentário:

Postar um comentário